Quais são as mensagens-chave e como serão utilizadas?

O que é o DEA?

O Dia Europeu dos Antibióticos (DEA) é uma iniciativa europeia no domínio da saúde coordenada pelo ECDC que visa disponibilizar uma plataforma de apoio às campanhas nacionais para o uso racional de antibióticos. Todos os anos, em toda a Europa, o DEA é marcado por campanhas nacionais que promovem o uso racional de antibióticos durante a semana de 18 de novembro.

Quais são as mensagens-chave e como serão utilizadas?

Para apoiar atividades de comunicação a nível nacional, o ECDC produziu vários conjuntos de materiais de comunicação que contêm modelos e mensagens-chave baseadas em evidências que podem ser adaptados para utilização a nível nacional.

As mensagens‑chave são a base de qualquer campanha de comunicação. As mensagens‑chave do novo conjunto de materiais:

  • visam criar um sentido de responsabilidade individual no combate à resistência aos antibióticos e capacitar os profissionais para tomarem medidas;
  • proporcionar um conjunto de afirmações objetivas, cada uma delas acompanhada por uma referência que deve ser utilizada como base para o conteúdo dos modelos;
  • abranger vários profissionais que trabalham em hospitais e outros contextos de prestação de cuidados de saúde: gestores/administradores, infeciologistas, profissionais do domínio da prevenção e do controlo de infeções, epidemiologistas, prescritores, estudantes e profissionais em treino, farmacêuticos, enfermeiros, microbiologistas clínicos e profissionais em serviços de urgência, unidades de cuidados intensivos e instituições de cuidados continuados.

As questões associadas à resistência aos antibióticos podem diferir entre países da UE/EEE. Importa salientar que os modelos desenvolvidos pelo ECDC fornecem informações essenciais e mensagens comuns, mas terão o máximo de eficácia se forem adaptados para corresponder às necessidades e situações de cada país, e até mesmo de cada hospital ou contexto de prestação de cuidados de saúde. Os países deverão ponderar aproveitar os dados nacionais disponíveis relativos à resistência aos antibióticos e ao consumo de antibióticos, respetivamente, na EARS-Net e na ESAC-Net, e consultar associações profissionais nacionais relativamente às ferramentas mais adequadas a utilizar no respetivo país.

O que é o «consenso dos especialistas»?

Sempre que, no presente documento, seja feita referência a uma mensagem como sendo «consenso dos especialistas», o ECDC refere-se ao acordo alcançado no processo de tomada de decisão indicado, incluindo o acordo interno dos especialistas do ECDC, o parecer dos membros do Comité Técnico Consultivo do DEA e a consulta com especialistas e partes interessadas externas.